terça-feira, 8 de setembro de 2020

LITURGIA DIÁRIA

TERÇA -FEIRA 8 DE SETEMBRO
23ª Semana do Tempo Comum
Ano "A" - cor branca

Festa da Natividade de Nossa Senhora.

Santo do dia: São Frederico Ozanam.

1ª Leitura:
Miqueias 5,1-4a
1Mas tu, (Belém), Éfrata, embora o menor do clãs de Judá, de ti sairá para mim aquele que será dominador em Israel. Suas origens são de tempos antigos, de dias imemoráveis. 2Por isso ele os abandonará até o tempo em que a parturiente dará à luz. Então o resto de seus irmãos voltará para os filhos de Israel. 3ele se erguerá e apascentará o rebanho pela força de Iahweh, pela força de Iahweh, pela glória do nome de seu Deus. Eles se estabelecerão, pois então ele será grande até os confins da terra. 4E este será a paz!

Salmo Responsorial
Salmo 70,6; 12,6
Exulto de alegria no Senhor.
70,6Sois meu apoio desde antes que eu nascesse, desde o seio maternal, o meu amparo; para vós o meu louvor eternamente!
12,6Uma vez que confiei no vosso amor, meu coração, por vosso auxílio, rejubile, e que vos cante pelo bem que me fizestes!

Evangelho
"Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus conosco".

Mateus 1,1-16.18-23
1Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão: 2Abraão gerou Isaac, Isaac gerou Jacó, Jacó gerou Judá e seus irmãos, 3Judá gerou Farés e Zara, de Tamar, Farés gerou Esrom, Esrom gerou Aram, 4Aram gerou Aminadab, Aminadab gerou Naasson, Naasson gerou Salmon, 5Salmon gerou Booz, de Raab, Booz gerou Jabed, de Rute, Jobed gerou Jessé, 6Jessé gerou o rei Davi. Davi gerou Salomão, daquela que foi mulher de Urias, 7Salomão gero Roboão, Roboão gerou Abias, Abias, gerou Asa, 8Asa gerou Josafá, Josafá gerou Jorão, Jorão gerou Ozias, 9Ozias gerou Joatão Joatão gerou Acaz, Acaz gerou Ezequias, 10Ezequias gerou Manassés, Manassés gerou Amon Amon gerou Josias, 11Josias gerou Jeconias e seus irmãos por ocasião do exílio na Babilônia. 12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou Salatiel, Salatiel gerou Zorobabel, 13Zorobabel gerou Abiud, Abiud gerou Eliacim, Eliacim gerou Azor, 14Azor gerou Sadoc, Sadoc gerou Aquim, Aquim gerou Eliud, 15Eliud gerou Eleazar, Eleazar gerou Matã, Matã gerou Jacó, 16Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus chamado Cristo. 18A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, comprometida em casamento dom José, antes que coabitassem, achou-se grávida pelo Espírito Santo. 19José, seu esposo, sendo justo e não querendo denunciá-la publicamente, resolveu repudiá-la em segredo. 20Enquanto assim decidia, eis que o Anjo do Senhor manifestou-se a ele em sonho, dizendo: “José filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, pois o que nela foi gerado vem do Espírito Santo. 21Ela dará a luz um filho e tu o chamarás como o nome de Jesus, pois ele salvará o seu povo dos seus pecados”. 22Tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor havia dito pelo profeta: 23Eis que a virgem conceberá e dará a luz um filho e o chamarão com o nome de Emanuel, o que traduzindo significa: “Deus está conosco”

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

LITURGIA DIÁRIA

QUINTA-FEIRA 3 DE SETEMBRO
22ª Semana do tempo comum
Santo do dia: São Gregório Magno, 

1ª Leitura: 
1Coríntios 3,18-23
18Ninguém se iluda: se alguém dentre vós julga ser sábio aos olhos deste mundo, torne-se louco para ser sábio; 19pois a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus. Com efeito, está escrito: Ele apanha os sábios em sua própria astúcia. 20E ainda: O Senhor conhece os raciocínios dos sábios; sabe que são vãos. 21Por conseguinte, ninguém procure nos homens motivo de orgulho, pois tudo pertence a vós: 22Paulo, Apolo, Cefas, o mundo, avida, a morte, as coisas presentes e as futuras. Tudo é vosso; 23mas vós sois de Cristo, e Cristo é de Deus. 

Salmo:
R. Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra.

1Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra,
  o mundo inteiro com os seres que o povoam;
2Porque ele a tornou firme sobre os mares,
  e sobre as águas a mantém inabalável.

3Quem subirá até o monte do Senhor,,
  quem ficará em sua santa habitação?’
4aQuem tem mãos puras e inocente coração,
4bQuem não dirige sua mente para o crime.

5Sobre este desce a bênção do Senhor
  e a recompensa de seu Deus e Salvador’.
6É assim a geração dos que o procuram,
  e do Deus de Israel buscam a face’. 

Evangelho 
"De Agora em diante serás pescador de homens!"

Lucas 5,1-11
18Ninguém se iluda: se alguém dentre vós julga ser sábio aos olhos deste mundo, torne-se louco para ser sábio; 19pois a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus. Com efeito, está escrito: Ele apanha os sábios em sua própria astúcia. 20E ainda: O Senhor conhece os raciocínios dos sábios; sabe que são vãos. 21Por conseguinte, ninguém procure nos homens motivo de orgulho, pois tudo pertence a vós: 22Paulo, Apolo, Cefas, o mundo, avida, a morte, as coisas presentes e as futuras. Tudo é vosso; 23mas vós sois de Cristo, e Cristo é de Deus.

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

QUARTA-FEIRA 2 DE SETEMBRO

22ª Semana do tempo Comum

1ª Leitura: 1Coríntions 3,1-9
Salmo: 33(32) - No Senhor nos esperaremos, confiantes

Evangelho: 
"Ele impunha as mãos sobre cada um deles e os curava"

Lucas 4,38-44 
38Saindo da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta, e pediram-lhe por ele. 39Ele se inclinou para ela, conjurou severamente a febre, e esta a deixou; imediatamente ela se levantou e se pôs a servi-los. 40Ao pôr-do-sol, todos os que tinham doentes atingidos de males diversos traziam-nos, e ele, impondo as mãos sobre cada um, curava-os. 41De um grande número também saíam demônios gritando: “Tu és o Filho de Deus!” Em tom ameaçador, porém, ele os proibia de falar, pois sabiam que ele era o Cristo. 42Ao raiar do dia, saiu e foi para um lugar deserto. As multidões puseram-se a procura-lo e, tendo-o encontrado, queriam retê-lo, impedindo-o que as deixasse. 43Ele, porém, lhes disse: “Devo anunciar também outras cidades a Boa Nova do Reino de Deus, pois é para isso que fui enviado”. 44E pregava pelas sinagogas da Judéia.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

TERÇA - FEIRA 1 DE SETEMBRO

22ª Semana do Tempo Comum

1ª leitura: 1Coríntios 2,1b-16
Salmo: Salmo 145 (144) - É justo o Senhor em seu caminhos.

EVANGELHO
"Eu sei quem tu és: o Santo de Deus!" 

Lucas 4,31-37
31Desceu então a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e ensinava-os aos sábados. 32Eles ficava pasmados com seu ensinamento, porque falava com autoridade. 33Encontrava-se na sinagoga um homem possesso de um espírito de demônio impuro, que se pôs a gritar fortemente: 34“Ah! Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para arruinar-nos? Seu quem tu és: o Santo de Deus”. 35Mas Jesus o conjurou severamente: “Cala-te, e sai dele!” e o demônio, lançando-o no meio de todos, saiu sem lhe fazer mal algum. 36O espanto apossou-se de todos, e falavam entre si: “Que significa isso? Ele dá ordens com autoridade e poder aos espíritos impuros, e eles saem!” 37E sua fama se propagava por todo lugar da redondeza.

segunda-feira, 31 de agosto de 2020

SEGUNDA-FEIRA 31 DE AGOSTO

22ª Semana do tempo comum

1ª Leitura: 1Coríntios 2,1-5
Salmo: Salmo 119(118)

EVANGELHO
"O Espírito do Senhor está sobre mim, pois ele me ungiu, para anunciar a Boa-Nova aos pobres"

Lucas 4,16-30
16Ele foi a Nazara, onde fora criado, e, segundo seu costume, entrou em dia de sábado na sinagoga e levantou-se para fazer a leitura. 17Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías; abrindo-o, encontrou o lugar onde está escrito: 18O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-me para proclamar a remissão aos presos e aos cegos a recuperação da vista, para restituir a liberdade aos oprimidos 19e para proclamar um ano de graça do Senhor. 20Enrolou o livro, entregou-o ao servente e sentou-se. Todos na sinagoga olhavam-no, atentos. 21Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu aos vossos ouvidos essa passagem da Escritura”. 22Todos testemunhavam a seu respeito, e admiravam-se das palavras cheias de graça que saíam de sua boca. E diziam: “Não é o filho de José?” 23Ele, porém, disse: “Certamente ireis citar-me o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Tudo o que ouvimos dizes que fizeste em Cafarnaum, faze-o também aqui em tua pátria”. 24Mas em seguida acrescentou: “Em verdade vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo que havia muitas viúvas nos dias de Elias, quando por três anos e seis meses o céu permaneceu fechado e uma grande fome devastou toda a região; 26Elias, no entanto, não foi enviado a nenhuma delas, exceto a uma viúva, em Sarepta, na região de Sidônia. 27Havia igualmente muitos leprosos em Israel no tempo do profeta Eliseu; todavia, nenhum deles foi purificado, a não ser o sírio Naamã”. 28Diante dessas palavras, todos na sinagoga se enfureceram. 29E, levantando-se, expulsaram-no para fora da cidade e ao conduziram até um cimo da colina sobre a qual a cidade estava construída, com a intenção de precipitá-lo de lá. 30Ele, porém, passando pela meio deles, prosseguia seu caminho...

domingo, 30 de agosto de 2020

DOMINGO 30 DE AGOSTO

22° Domingo do Tempo Comum

1ª Leitura: Jeremias 20,7-9
Salmo: Salmo 63(62) - De te tem sede a minha alma.
2ª Leitura: Romanos 12,1-2

EVANGELHO
"Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me"

Mateus 16,21-27
21A partir dessa época, Jesus começou a mostrar aos seus discípulos que era necessário que fosse a Jerusalém e sofresse muito por parte dos anciãos, dos chefes dos sacerdotes e dos escribas, e que fosse morto e ressurgisse ao terceiro dia. 22Pedro, tomando-o à parte, começou a repreendê-lo, dizendo: “Deus não o permita, Senhor! Isso jamais te acontecerá!” 23Ele, porém, voltando-se para Pedro, disse: “Afasta-te de mim, Satanás! Tu me serves de pedra de tropeço, porque não pensas as coisas de Deus, mas as dos homens!” 24Então disse Jesus aos seus discípulos: “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. 25Pois aquele que quiser salvar a sua vida, vai perdê-la, mas o que perder a sua vida por causa de mim, vai encontrá-la. 26De fato, que aproveitará ao homem se ganhar o mundo inteiro mas arruinar a sua vida? Ou que poderá o homem dar em troca de sua vida?
27Pois o Filho do Homem há de vir na glória do seu Pai, com os seus anjos, e então retribuirá a cada um de acordo com o seu comportamento.

sábado, 29 de agosto de 2020

SÁBADO - 29 DE AGOSTO

21ª Semana do tempo comum
- Martírio de João Batista - 

1ª Leitura: Jeremias 1,17-19
Salmo: Salmo 71(70) - Minha boca anunciará a tua justiça

EVANGELHO
Marcos 6,17-29
17Herodes, com efeito, mandara prender João e acorrenta-lo no cárcere, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe, pois ele a desposara 18e, na ocasião, João dissera a Herodes: “Não te é licito possuir a mulher de teu irmão”. 19Herodíades então se voltou contra ele e queria matá-lo, mas não podia, 20poir Herodes tinha medo de João e, sabendo que ele era um homem justo e santo, o protegia. E quanto o ouvia, ficava muito confuso e o escutava com prazer.
21Ora, chegou um dia propício: Herodes, por ocasião do seu aniversário, ofereceu um banquete aos seus magnatas, aos oficiais e ás grandes personalidades da Galiléia. 22E a filha de Herodíades entrou e dançou. E agradou a Herodes e aos convivas. Então o rei disse à moça: “Pede-me o que bem quiseres, e te darei”. 23E fez um juramento: “Qualquer coisa eu me pedires eu te darei, até metade do meu reino!” 24Ela saiu e perguntou à mãe: “O que é que eu peço?” E ela respondeu: “A cabeça de João Batista”. 25Voltando logo, apressadamente, à presença do rei, fez o pedido: “Quero que, agora mesmo, me dês num prato a cabeça de João Batista”. 26O rei ficou profundamente triste. Mas, por causa do juramento que fizera e dos convivas, não quis deixar de atendê-la. 27E imediatamente o rei enviou um executor, com ordens de trazer a cabeça de João. 28E saindo, ele o decapitou na prisão. E trouxe a sua cabeça num prato. Deu-a à moça, e esta a entregou a sua mãe. 29Os discípulos de João souberam disso, foram lá, pegaram o corpo e o colocaram num túmulo.

sexta-feira, 28 de agosto de 2020

SEXTA-FEIRA 28 DE AGOSTO

21ª Semana do tempo comum
Santo Agostinho, Memória

1ª Leitura: 1Coríntios 1,17-25
Salmo: Salmo 33(32) - Da sua bondade a terra está cheia.

EVANGELHO
 "As moças previdentes e as descuidadas"

Mateus 25,1-13
1Então o Reino dos Céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do noivo. 2Cinco eram insensatas e cinco prudentes. 3As insensatas, ao pegarem as lâmpadas, não levaram azeite consigo, 4enquanto as prudentes levaram vasos de azeite com suas lâmpadas. 5Atrasando o noivo, todas elas acabaram cochilando e dormindo. 6Quando foi aí pela meia-noite, ouviu-se um grito: ‘O noivo vem ai! Saí ao seu encontro!’ 7Todas as virgens levantaram-se, então, e trataram de aprontar as lâmpadas. 8As insensatas disseram às prudentes: ‘Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão se apagando’. 9As prudentes responderam: ‘De modo algum, o azeite poderia não bastar para nós e para vós. Ide antes aos que vendem e comprai pra vós’. 10Enquanto foram comprar o azeite, o noivo chegou e as que estavam prontas entraram com ele para o banquete de núpcias. E Fechou-se a porta. 11Finalmente, chegaram as virgens, dizendo; ‘Senhor, senhor, abre-nos!’ 12Mas ele respondeu: ‘Em verdade vos digo: não vos conheço!’ 13Vigiai, portanto não sabeis nem o dia nem a hora.

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

QUARTA-FEIRA 26 DE AGOSTO

21ª Semana do tempo comum

1ª Leitura: 2Tessalonicenses 3,6-10.16-18
SALMO: Salmo 128(127) - Feliz quem teme o Senhor.

EVANGELHO
"Ai de vós, escribas e fariseus"

Mateus 23,27-32
27Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Sois semelhantes a sepulcros caiados, que por fora parecem bonitos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de toda podridão. 28Assim também vós: por fora pareceis, justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. 29Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, que edificais os túmulos dos profetas e enfeitais os sepulcros dos justos 30e dizeis: ‘Se estivéssemos vivos nos dais dos nossos pais, não teríamos sido cúmplices seus no derramar o sangue dos profetas’. 31Com isso testificais, contra vós, que sois filhos daqueles que mataram os profetas. 32Completai, pois, a medida dos vossos pais!

terça-feira, 25 de agosto de 2020

TERÇA-FEIRA 25 DE AGOSTO

21ª Semana do tempo comum


1ª Leitura: 2Tessalonicenses 2,1-3a.14-17 
Salmo: 96(95)Ele vem julgar a terra.

EVANGELHO DO DIA
"Ai de vós, escribas e fariseus" 

Mateus 23,23-26
23Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, que pagais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas omitis as coisas mais importantes da, lei: a justiça, a misericórdia e a fidelidade. Importava praticar estas coisas, mas sem omitir aquelas. 24Condutores, que coais o mosquito e tragais o camelo!
25Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, que limpais o exterior do copo e do prato, mas por dentro estais cheios de rapina e de intemperança! 26Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo para que também o exterior fique limpo!

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

PAPA FRANCSICO: LIBERTAR A FIGURA DE MARIA DA INFLUÊNCIA DAS MÁFIAS.

Em carta à Pontifícia Academia Mariana Internacional, o Papa expressa apreço pela criação de um Departamento de Análise e de Estudo dos Fenômenos Criminais e Mafiosos, "para libertar a figura de Nossa Senhora da influência das organizações criminosas". Em entrevista ao Vatican News, o Pe. Stefano Cecchin, presidente da Academia Pontifícia.
"A devoção mariana é um patrimônio religioso-cultural a ser protegido na sua pureza original, liberando-o de superestruturas, poderes ou condicionamentos que não respondem aos critérios evangélicos de justiça, liberdade, honestidade e solidariedade”. É o que sublinha o Papa Francisco na carta enviada em 15 de agosto ao Pe. Stefano Cecchin, presidente da Pontifícia Academia Mariana Internacional. 

No documento, o Pontífice também lembra que, dentro dessa academia pontifícia, foi criado o Departamento de Análise e Estudo dos Fenômenos Criminais e Mafiosos, "para libertar a figura de Nossa Senhora da influência das organizações criminosas". Entre os exemplos dessa espiritualidade distorcida estão os "arcos" das estátuas de Maria em frente às casas dos chefes das máfias durante as procissões. 

Na carta, o Papa Francisco também faz uma saudação aos promotores, aos palestrantes e aos participantes da jornada de estudo – marcada para 18 de setembro e organizada pela Pontifícia Academia Mariana Internacional, em colaboração com as autoridades eclesiásticas e instituições públicas. O objetivo da iniciativa é identificar "respostas efetivas" para uma "operação cultural de sensibilização das consciências". Francisco também espera que os santuários marianos se tornem cada vez mais "cidades de oração, centros de ação do Evangelho, lugares de conversão e de referência da piedade mariana".

Patrimônios a serem redescobertos e protegidos
O Pe. Stefano Cecchin, presidente da Pontifícia Academia Mariana Internacional, concedeu entrevista ao Vatican News e salientou que a figura de Maria está sendo usada por organizações mafiosas para submeter as pessoas, fazendo-as escravas. Ele ainda recordou as tarefas e a missão da própria academia pontifícia:
Pe. Stefano – “A tarefa da nossa academia é dar uma saudável formação mariológica, em vista de uma saudável piedade popular. Devemos redescobrir o patrimônio religioso e cultural que temos em todo o mundo, mas, especialmente, na Itália. Uma herança que devemos reavaliar e proteger na sua pureza original.”

É uma questão de salvaguardar um patrimônio da contaminação que afeta essa pureza...
Pe. Stefano – “Há uma religiosidade frágil que é manipulada por quem sabe manipular o coração e os sentimentos das pessoas, não apenas do ponto de vista da criminalidade, mas também de outras formas, incluindo os mágicos, curandeiros e gurus. Todas as formas de utilizar as dificuldades das pessoas, dando-lhes ‘respostas mágicas’ somente para depois conseguir um retorno econômico.”

Há também graves distorções ligadas à figura de Maria...
Pe. Stefano – “A figura de Maria usada precisamente para manter as pessoas escravizadas, exagerando a figura de ‘Maria como uma mulher submissa a Deus’ que se resigna ao destino do Filho que morre em face a um poder. E, assim, existe toda essa realidade de escravizar e não ajudar as pessoas a viver uma verdadeira religiosidade. Mas existe uma religiosidade ligada a superstições, magias e poderes que depois assustam as pessoas.”

Na carta, o Papa também lembra que foi criado um departamento especializado ao tema dentro da Pontifícia Academia Mariana Internacional para estudar os fenômenos criminais e mafiosos e "libertar a figura de Maria da influência das organizações criminosos"...
Pe. Stefano – “É justamente essa a mensagem do Papa dirigida principalmente para nos felicitar e também porque continuamos nesse caminho iniciado dentro da disciplina ‘Maria, caminho de paz entre as culturas’. Aprofundamos esse aspecto e, por isso, criamos esse novo departamento envolvendo um grande número de magistrados, criminologistas, pessoas do exército, do Estado e da Igreja precisamente para trabalhar juntos pelo bem da pessoa humana e da sociedade, da ‘Casa Comum, como diz o Papa Francisco.”

Para várias organizações criminosas, em particular a italiana 'ndrangheta, as formas atuais representam a própria essência da organização. Disso deriva também um uso distorcido das devoções por parte das máfias. Esse é um câncer a ser combatido. Pode ser erradicado?
Pe. Stefano – “Queremos erradicá-lo através da formação das pessoas, das famílias. Uma formação que seja verdadeiramente cristã. O Papa Francisco nos chama para essa formação integral da pessoa humana. O primeiro princípio para ajudar a humanidade e a Casa Comum, a sociedade e o homem e a mulher, é justamente aquele de dar uma formação saudável.”

Um outro fenômeno preocupante, que dever ser combatido, é aquele das reverências, de se curvar diante dos chefes mafiosos durante as procissões...
Pe. Stefano – “Isso não é religião! É superstição. Como a religião é lida por esses líderes, por essas máfias? Como é uma realidade para a qual também Deus se submete a eles? E inclusive a Virgem se curva diante deles e da sua autoridade? Eles quase querem ensinar ao povo que Deus está com eles. Portanto, eles também querem usar o sentimento religioso das pessoas para levá-las a não serem livres, mas escravas.”

No próximo dia 18 de setembro, em Roma, durante a conferência organizada pela Pontifícia Academia Mariana Internacional, serão elaboradas as diretrizes desse novo departamento que, como o senhor mencionou, envolve não apenas teólogos e mariólogos, mas também magistrados, criminólogos, advogados, policiais e prefeitos de várias cidades. Uma aliança entre os homens da Igreja e representantes da sociedade civil...
 Pe. Stefano – “Em 18 de setembro, todo o caminho e os projetos serão apresentados. Iniciaremos os cursos já em outubro. A ideia é que, todo ano, no dia 13 de maio, seja realizada uma conferência nacional que divulgue os frutos desse trabalho. O que reiteramos é que devemos trabalhar juntos, mas cada um com a sua própria identidade, sem confundir Estado, Igreja, associações. Devemos estar unidos pelo bem comum. O Papa nos disse que a academia deve ser um lugar de encontro, um lugar de diálogo. Também estamos trabalhando com os muçulmanos. Criamos a Comissão Mariana Cristã Muçulmana. E também iniciaremos cursos com a mesquita de Roma. Inclusive com eles, sobre esses aspectos das más interpretações da religião ou de como a religião está sendo usada para dividir e criar problemas. Deus, ao contrário, é amor e não medo ou punição.”
Fonte: Vaticano News.

QUINTA-FEIRA 20 DE AGOSTO

20ª Semana do tempo comum


1ª Leitura: Ezequiel 36, 23-28
Salmo: 51(50) - Ó Deus, tem piedade de mim!

EVANGELHO DO DIA
"Parábola do banquete Nupcial" 

Mateus 22,1-14
1Jesus voltou a falar-lhes em parábolas e disse: 2“O Reino dos Céus é semelhante a um rei que celebrou as núpcias do seu filho. 3Enviou seus servos para chamar os convidados para as núpcias, mas estes não quiseram vir. 4Tornou a enviar outros servos, recomendando: ‘Dizei aos convidados: eis que preparei meu banquete, meus touros e cevados já foram degolados e tudo está pronto. Vinde às núpcias’. 5Eles, porém, sem darem a menor atenção, foram-se, um para o seu campo, outro para o seu negócio, 6e os restantes, agarrando os servos, os maltrataram e os mataram. 7Diante disso, o rei ficou com muita raiva e, mandando as suas tropas, destruiu aqueles homicidas e incendiou-lhes a cidade. 8Em seguida, disse aos servos: ‘As núpcias estão prontas, mas os convidados não eram dignos. 9Ide, pois, às encruzilhadas e convidai para as núpcias todos os que encontrardes’. 10E esses servos, saindo pelos caminhos, reuniram todos os que encontraram, mais e bons de modo que a sala nupcial ficou cheia de convivas. 11Quando o rei entrou para examinar os convivas, viu ali um homem sem a veste nupcial 12e disse-lhe: ‘Amigo, como entrastes aqui sem a veste nupcial?’ Ele, porém, ficou calado. 13Então disse o rei os que serviam: ‘Amarrai-lhe os pés e as mãos e lançai-o fora, nas trevas exteriores. Ali haverá choro e ranger de dentes’. 14Com efeito, muitos são chamados, mas poucos escolhidos”.

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

QUARTA-FEIRA 19 DE AGOSTO

20ª Semana do tempo comum

1ª Leitura: Ezequiel 34, 1-11
Salmo: Sl 23(22)

EVANGELHO DO DIA
"Ide também vós para a minha vinha!

Mateus 20, 1-16a
1Porque o Reino dos Céus é semelhante a um pai de família que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para a sua vinha. 2Depois de combinar com os trabalhadores um denário por dia, mandou-os para a vinha. 3Tornando a sair pela hora terceira, viu outros que estavam na praça, desocupados. 4e disse-lhes: “Ide, também vós para a vinha, e eu  vos darei o que for justo”. 5Eles foram. Tornando a sair pela hora sexta e pela hora nona, fez a mesma coisa. 6Saindo pela hora undécima, encontrou outros que lá estavam e disse-lhes: ‘Por que ficais aí o dia inteiro desocupados? 7Responderam: ‘Porque ninguém nos contratou’. Disse-lhe: ‘Ide, também vós, para a vinha. 8Chegada a tarde, disse o dono da vinha ao seu administrador: ‘Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário começando pelos últimos até os primeiros’. 9Vindo os da hora undécima, receberam um denário cada um. 10E vindo os primeiros, pensaram que receberiam mais, mas receberam um denário cada um também eles. 11Ao receber, murmuravam contra o pai de família, dizendo: 12‘Estes últimos fizeram uma hora só e tu os igualaste a nós, que suportamos o peso do dia e o calor do sol’. 13Ele, então, disse a um deles: ‘Amigo, não fio injusto contigo. Não combinaste um denário? 14Toma o que é teu e vai. Eu quero dar a este último o mesmo que a ti. 15Não tenho o direito de fazer o que eu quero com o que é meu? Ou o teu olho é mau porque eu sou bom?’ 16Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos”.

terça-feira, 18 de agosto de 2020

TERÇA-FEIRA 18 DE AGOSTO

20ª Semana do tempo comum

1ª Leitura: Ezequiel 28, 1-10
Salmo: Deuteronômio 32, 26-28

EVANGELHO DO DIA
"Quem, pois, podereá salvar-se?

Mateus 19,23-30
23Então Jesus disse aos seus discípulos: “Em verdade vos digo que um rico dificilmente entrará no Reino do Céus. 24E vos digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus”. 25Ao ouvirem isso, os discípulos ficaram muito espantados e disseram: “Quem poderá então salvar-se?” 26Jesus, fitando-os, disse: “Ao homem isso é impossível, mas a Deus tudo é possível”. 27Pedro, tomando então a palavra, disse: “Eis que nós deixamos tudo e te seguimos. O que é que vamos receber?” 28Disse-lhe Jesus: “Em verdade vos digo que, quando as coisas forem renovadas, e os Filho do Homem se assentar no seu trono de glória, também vós, que me seguistes, vos sentareis em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel. 29E todo aquele que tiver deixado casas ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou filhos, ou terras, por causa do meu nome, receberá muita mais e herdará a vida eterna.
30Muitos dos primeiros serão últimos, e muitos dos últimos, primeiros.

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

SEGUNDA-FEIRA, 17 DE AGOSTO

20ª Semana do Tempo Comum

1ª Leitura: Ezequiel 24,15-24
Salmo: Deuteronômio 32,18-21  

EVANGELHO
"Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna"

Mateus 19, 16-22
16Aí alguém se aproximou dele e disse: “Mestre, que farei de bom para ter a vida eterna?” 17Respondeu: “Por que me perguntas sobre o que é bom? O Bom é um só. Mas se queres entra para a Vida, guarda os mandamentos”. 18Ele perguntou-lhe: “Quais?” Jesus respondeu: Estes: Não matarás, não adulterarás, não roubarás, não levantarás falso testemunho; 19honra pai e mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo”. 20Disse-lhe então o moço: “Tudo isso tenho guardado. Que me falta ainda?” 21Jesus lhe respondeu: “Se queres ser perfeito, vai, vende os teus bens e dá aos pobres, e  terás um tesouro nos céus. Depois, vem e segue-me”. 22O moço, ouvindo essa palavra, saiu pesaroso, pois era possuidor de muitos bens.

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

SEGUNDA-FEIRA, 10 DE AGOSTO

19ª Semana do Tempo Comum

Festa de São Lourenço, diácono e Mártir.

1ª Leitura: 2Coríntios 9,6-10
Salmo: 112(111) - Feliz quem é compassivo.

EVANGELHO DO DIA
"Se o grão de trigo que cai na terra não morre, fica só"

JOÃO 12,24-26
24Em verdade, em verdade, vos digo:
Se o grão de trigo que cai na terra não morrer, permanecerá só: mas se morrer, produzirá muito fruto.
25Quem ama sua vida a perde e quem odeia a sua vida neste mundo guarda-la para a vida eterna.
26Se alguém quer servi-me, siga-me, e onde estou eu, aí também estará o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará.
******************************************************
Festa

domingo, 9 de agosto de 2020

DOMINGO, 09 DE AGOSTO

19° Domingo do tempo comum.

1ª Leitura: 1Reis 19,9a.11-13a
Salmo: Sl 85(84) - Mostra-nos, Senhor, a tua misericórdia
2ª leitura: Romanos 9,1-5

EVANGELHO DO DIA 
"Jesus caminha sobre as águas"

MATEUS 14,22-33
22Logo em seguida, forçou os discípulos a embarcar e aguardá-lo na outra margem, até que ele despedisse as multidões. 23Tendo-as despedido, subiu ao monte, a fim de orar a sós. Ao chegar a tarde, estava ali, sozinho. 24O barco, porém, já estava a uma distância de muitos estádios da terra, agitado pelas ondas, pois o vento era contrário. 25Na quarta vigília da noite, ele dirigiu-se a eles, caminhando sobre o mar. 26Os discípulos, porém, vendo que caminhava sobre o mar, ficaram atemorizados e diziam: “É um fantasma!” E gritaram de medo. 27Mas Jesus lhes disse logo: “Tende confiança, sou eu, não tenhais medo”. 28Pedro, interpelando-o, disse: “Senhor, se és tu, manda que eu vá ao teu encontro sobre as águas”. 29E Jesus respondeu: “Vem”, Descendo do barco, Pedro caminhou sobre as águas e foi ao encontro de Jesus. 30Mas, sentido o vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” 31Jesus estendeu a mão prontamente e o segurou, repreendendo-o: “Homem fraco na fé, por que duvidaste?” 32Assim que subiram ao barco, o vento amainou. 33Os que estavam no barco prostraram-se diante dele dizendo: “Verdadeiramente, tu és o Filho de Deus!”

sábado, 8 de agosto de 2020

SÁBADO 08 DE AGOSTO

18ª Semana do Tempo Comum
São Domingos, memória

1ª Leitura: Habacuc 1,12-2,4
Salmo: Sl 9(9A)

EVANGELHO DO DIA
"Senhor, tem compaixão do meu filho"

MATEUS 17,14-20
14Ao chegarem junto da multidão, aproximou-se dele um homem que, de joelhos, lhe pedia: 15“Senhor, tem compaixão de meu filho, porque é lunático e sobre muito com isso. Muitas vezes cai no fogo e outras muitas na água. 16Eu o trouxe aos teus discípulos, mas eles não foram capazes de curá-lo”. 17Ao que Jesus replicou: “Ó geração incrédula e perversa, até quando estarei convosco? Até quando vos suportarei? Trazei-o aqui”. 18Jesus o conjurou severamente e o demônio saiu dele. E o menino ficou são a partir desse momento. 19Então os discípulos, procurando Jesus a sós, disseram: “Por que razão não pudemos expulsá-los?” 20Jesus respondeu-lhes: “Por causa da fraqueza da vossa fé, pois em verdade vos digo: se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta montanha: transporta-te daqui para lá, e ela se transportará, e nada vos será impossível”.
******************************************************
Memória
São Domingos Gusmão

SÁBADO, 08 DE AGOSTO - SANTO DO DIA

SANTA TERESA BENEDITA DA CRUZ (Edith Stein)
1891 - 1942

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

PAPA FRANCISCO ENVIA 250 MIL EUROS PARA A IGREJA NO LÍBANO.

O Santo Padre enviou através do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral uma primeira ajuda de 250.000 euros em apoio às necessidades da Igreja libanesa nestes momentos de dificuldade e sofrimento. Este dom pretende ser um sinal da preocupação de Sua Santidade para com a população afetada pela explosão no porto de Beirute, significando Sua paterna proximidade para com aqueles que estão sofrendo e se encontram em dificuldades. 

A ajuda foi enviada através da Nunciatura Apostólica em Beirute e será usada para auxiliar as pessoas afetadas pela terrível explosão, que causou várias mortes e milhares de feridos e desalojados, destruindo ao mesmo tempo edifícios, igrejas, mosteiros, instalações civis e de saúde. Diante das necessidades urgentes, uma imediata resposta de socorro foi dada pelas estruturas católicas, através de centros de acolhimento para pessoas deslocadas, junto com a ação da Cáritas Líbano, Cáritas Internationalis e várias Cáritas irmãs. 

Todos nos unimos ao convite do Papa Francisco, expresso durante a Audiência geral de 5 de agosto passado, assim que ele tomou conhecimento dos fatos: "rezamos pelas vítimas e suas famílias; e rezamos pelo Líbano, para que, com o compromisso de todos os seus componentes sociais, políticos e religiosos, possa enfrentar este momento tão trágico e doloroso e, com a ajuda da comunidade internacional, superar a grave crise que está atravessando".

quarta-feira, 5 de agosto de 2020

QUARTA-FEIRA 05 DE AGOSTO

18ª Semana do tempo Comum

Primeira Leitura: Jeremias 31,1-7
Salmo: Jeremias 31,10-13 - Aquele que dispersou Israel vai reuni-lo novamnte.

EVANGELHO DO DIA
"Senhor, filho de Davi, tem compaixão de mim"

MATEUS 15,21-28
21Jesus, partindo dali, retirou-se pra a região de Tiro e de Sidônia. 22E eis que uma mulher cananéia, daquela região, veio gritando: “Senhor, filho de Davi, tem compaixão de mim: a minha filha está horrivelmente endemoninhada”. 23Ele, porém nada lhe respondeu. Então os seus discípulos se chegaram a ele e pediram-lhe: “Despede-a, porque vem gritando atrás de nós”. 24Jesus respondeu: “Eu não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel”. 25Mas ela, aproximando-se, prostrou-se diante dele e pôs-se a rogar: “Senhor, socorre-me!” 26Ele tornou a responder: “Não fica bem tirar o pão do filhos e atirá-lo aos cachorrinhos”. 27Ela insistiu: “Isso é verdade, Senhor, mas também os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos!” 28Diante disso, Jesus lhe disse: “Mulher, grande é a tua fé! Seja feito como queres!” E a partir daquele momento sua filha ficou curada.

terça-feira, 4 de agosto de 2020

TERÇA-FEIRA 041 DE AGOSTO

18ª Semana do Tempo Comum.
Memória, São João Maria Vainney.

Primeira Leitura: Jeremias 30,1-2.12-15.18-22
Salmo: Sl 102(101)

EVANGELHO DO DIA.
"O que torna alguém impuro não é o que entra pela boca".

MATEUS 15,1-2.10-14
1Nesse tempo, chegaram-se a Jesus fariseus e escribas vindos de Jerusalém e disseram: 2“Por que os teus discípulos violam a tradição dos antigos? Pois que não lavam as mãos quando comem”.
10Em seguida, chamando para junto de si a multidão, disse-lhes: “Ouvi e entendei! 11Não é o que entra pela boca que torna o homem impuro, mas o que sai da boca, isto sim o torna impuro”.
12Então os discípulos, acercando-se dele, disseram-lhe: “Sabes que os fariseus, ao ouvirem o que disseste, ficaram escandalizados?” 13Ele respondeu-lhes: “Toda planta que não foi plantada por meu Pai celeste será arrancada. 14Deixai-os, São cegos conduzindo cegos! Ora, se um cego conduz outro cego, ambos acabarão caindo num buraco”.



MEMÓRIA
SÃO JOÃO MARIA VIANNEY